Aprendendo marketing com Rihanna



18 de novembro de 2019
por: Marcela Leone

Rihanna é uma marketeira nata. A multifacetada cantora, compositora, atriz e empresária de moda tem mostrado entender do mercado muito mais do que alguns renomados CEOS. Entre a últimas ações de sucesso está seu Fashion Show na NYFW: diverso, multicultural e focado em suas consumidoras.

Os concorrentes, porém, acreditam que a artista não está fazendo nada mais do que já não esteja disponível em outras marcas. Verdade ou não, o fato é que sua Savage X Fenty já começou a incomodar (e fazer pensar) os competidores.

A própria Victoria’s Secret colocou em pausa seu desfile, afim de pensar novos formatos e estratégias. Rihanna pode não ter sido a percursora da diversidade da moda íntima, mas abraçou-a de tal forma que muitos dos concorrentes se recusaram a fazer, e mais do que isso, é uma celebridade assumindo que tudo bem ser real.

Seja na marca de lingerie, ou na de maquiagem, Riri mostra que entende o público feminino como ninguém — e que merece, sim, o destaque que ganha.

Atualmente, a Savage X Fenty tem disponível cerca de 800 diferentes peças (contando variações de cores e tamanhos), com valores que vão dos 10 aos 100 dólares. Há entrega das lingeries para 210 países, inclusive para o Brasil.

Mais um prova de que a marca impactou de alguma forma o mercado? Após a chegada da Savage, as empresas do moda íntima dos Estados Unidos e Reino Unido aumentaram em 34% a inclusão de novos tamanhos em seus produtos de acordo com a analista de mercado Edited.

Fotos: reprodução 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.