Como sua marca pode abraçar o empoderamento feminino



11 de abril de 2019
por: Marcela Leone

É um caminho sem volta: cada vez mais independentes, seguras e conquistando o lugar que desejam na sociedade, as mulheres avançam na luta por seus direitos e mostram, por variados meios, que podem ser o que quiserem graças ao empoderamento feminino.

A moda tem um papel fundamental nesse processo de mudança de comportamento. A história mostra que ela sempre atua como uma ferramenta de criação e quebra de padrões: o vestir permite que as mulheres descubram e transmitam quem são, o que pensam e o que desejam.

Começou lá nos anos 20, com Coco Chanel tornando a calça comprida um item de desejo feminino. Antes, a peça era de uso exclusivo dos homens – uma mulher usá-la causava choque na sociedade e era um afronte à dignidade.

Parece incrível que isso aconteceu há tão pouco tempo. Junto com essa conquista vieram muitas outras: o direito a estudar, dirigir, votar, de escolher ser dona de casa ou engenheira, fora as leis de proteção contra a violência, a ocupação de espaço na política e em outros campos de domínio masculino.

Mas, ainda há muito trabalho a ser feito! Para ter ideia, apenas esse ano as mulheres brasileiras garantiram, através de uma lei federal, o direito a amamentar em público sem serem importunadas. A passo curto, porém, está acontecendo uma verdadeira revolução feminina.

Num momento de tamanha transformação, é importante que as marcas de moda entendam que precisam deixar claro seu posicionamento para que consigam atrair essa nova mulher que desponta na sociedade: decidida, independente, livre e que sabe o que quer. Hoje, o amor-próprio, a valorização das curvas naturais do corpo feminino e beleza sem padrão é o ideal de muitas mulheres.

Se você é estilista, lojista ou dono de confecção e deseja aproximar essas consumidoras da sua marca, confira abaixo nossas sugestões:

Mostre interesse genuíno pela causa feminista

Em um mundo em que se torna cada vez mais relevante caminhar com um propósito, mostre a suas clientes que você entende e abraça a causa do empoderamento feminino, de forma genuína e sincera.

Desenvolva ações de marketing que se apropriem positivamente de causas feministas e deixe claro seu posicionamento. Patrocine essas causas e tome um cuidado redobrado com a publicidade da sua empresa: ela deve representar e respeitar todas as mulheres.

Passar a mensagem errada pode causar um desastre, como um boicote das consumidoras à sua marca ou empresa.

Prove que você pratica a igualdade

Não basta ficar apenas no discurso. Mostre que você abraça e defende de verdade a igualdade começando de dentro para fora, desse jeito:

• Ofereça as mesmas oportunidades de salários e carreira para homens e mulheres

• Adote políticas para evitar e condene severamente o assédio moral e sexual

• Faça da diversidade de gênero uma prioridade estratégica da sua empresa

• Apoie o crescimento das mulheres com potencial para liderar

Desenvolva ou comercialize coleções para agradar às mulheres

Isso mesmo! As roupas para mulheres precisam agradar às mulheres, e não aos olhares masculinos. Procure conhecer e ouvir seu público-alvo, para descobrir o que suas consumidoras esperam da moda.

Preocupe-se em ter opções para todas

Abraçar a diversidade é um dos pontos mais importantes de quem quer se tornar relevante nessa nova era de empoderamento feminino, em que mostrar ou camuflar as próprias curvas são escolhas exclusivas da mulher, que não mais aceita a imposição de padrões.

Tenha opções para todos os gostos e que, sobretudo, valorizem a pluralidade do corpo feminino e transmitam o que essa mulher é, de verdade. Isso incluiu possuir ou produzir uma numeração mais ampla e inclusiva.

Lembre-se: uma mulher empoderada condena padrões e celebra a liberdade. Procure alinhar sua marca a esse discurso e torne-se a preferida das mulheres poderosas.

Fonte: Zanotti | Fotos: reprodução 

Comments are closed.