Marca cria vídeo-conferência para vender sutiãs



7 de fevereiro de 2020
por: admin

Enquanto a Victoria’s Secret luta para reconquistar as consumidoras, uma vez que sua fatia no mercado de lingerie americano caiu de 31.7% em 2017 para 24% em 2018, muitas marcas iniciantes de lingerie enxergaram uma brecha para crescer.

É o caso da Cupp, também dos EUA, e que com apenas dois anos de vida acaba de ganhar uma injeção de 11 milhões de dólares de capital de investidores. A ideia da criação da marca veio de uma pesquisa que afirmou que 75% das mulheres estão usando o número errado de sutiã. Com isso, a empresa desenvolveu, além de produtos, uma ferramenta: uma espécie de vídeo-conferência com experts da marca em modelagem que dizem como as peças devem vestir.

Enquanto outras empresas também exploram a questão do tamanho do sutiã com aplicativos e quiz, a Cuup acha a ferramenta do vídeo mais acessível e humanizada. Cada sessão com o especialista tem cerca de 30 minutos, e com ela a consumidora irá aprender o que realmente deve buscar no fit perfeito. As mulheres são encorajadas a se medirem com uma fita métrica durante a vídeo-conferência, assim as especialistas irão perceber se elas estão realmente tirando as medidas da maneira correta.

De acordo com a marca, 95% das consumidoras que participaram da vídeo-conferência efetuar a compra. Ao todo são três experts em modelagem que já atenderam mais de 1200 consumidoras.

Fotos: reprodução 

Comments are closed.